?

Log in

Slow motion dreams [entries|friends|calendar]
Birrenta

[ userinfo | livejournal userinfo ]
[ calendar | livejournal calendar ]

Quizzes versus Vida Real [16 Jan 2006|01:09pm]
You scored as Psychology. You should be a Psychology major!

</td>

Biology

92%

Psychology

92%

Sociology

83%

Art

75%

Anthropology

75%

Chemistry

67%

Philosophy

67%

English

67%

Theater

67%

Linguistics

67%

Dance

50%

Journalism

50%

Mathematics

50%

Engineering

33%

What is your Perfect Major? (PLEASE RATE ME!!<3)
created with QuizFarm.com
17 comentários - post comment

[05 Aug 2005|12:24pm]
[ mood | uncomfortable ]

Num dia que amanheceu cinzento, decidiram crescer. Puseram de parte os bibes, as fitas, as bonecas e as cores e envergaram dignidade. Decidiram ser responsáveis, sensatas, mas também decidiram amar. Viveram piquenics na areia, passeios no jardim e beijos ao luar. Escreveram linhas sem fim sobre o sentimento que as envolvia, sorriram, choraram. E num dia que amanheceu cinzento, deixaram de escrever, de sorrir e de chorar e lamentaram com saudade os bibes, as fitas, as bonecas e as cores perdidas.

6 comentários - post comment

Outra vez... [20 Jul 2005|11:40pm]


Fim de tarde na minha janela


20/07/05
Setúbal
8 comentários - post comment

[06 Jul 2005|05:17pm]


Pronta a combater moinhos de vento!
5 comentários - post comment

[02 Jun 2005|09:53pm]
[ mood | pessimistic ]




... Descontinuidades ...

Constatação [07 Apr 2005|09:38pm]
[ mood | weird ]

Em relação aos ultimos acontecimentos da existência, só tenho uma coisa a dizer:
Tááááááá Mal!

18 comentários - post comment

[30 Jan 2005|05:10pm]

Tempos difíceis estes em que vivo num mundo ao contrário.
5 comentários - post comment

Reflexões [14 Jan 2005|02:06pm]
[ mood | pensativa ]


Mal consigo acreditar no que crescemos juntas nestes anos...
4 comentários - post comment

O mau humor feminino (essa calúnia engendrada pelos homens ou não…) [22 Aug 2004|10:40am]
[ mood | belzebúúhhh! ]




Cientistas norte-americanos anunciam ter encontrado um gene que controla os níveis de uma substância química cerebral determinante no humor das mulheres. O estudo publicado numa revista da especialidade revela que as mulheres que apresentam uma variante de um determinado gene (chamado alelo s) produzem menos serotonina no cérebro, logo estão mais propensas a reagir mal aos acontecimentos da vida, a serem chatas, a reclamarem com tudo e com todos e a fazerem birras.

Fica portanto aqui registado, que a culpa do nosso eventual mau humor, para além dos homens , é do ALELO S!
8 comentários - post comment

Reflexões (não auto-biográficas) [19 Aug 2004|01:05pm]
[ mood | pensativa ]

Em tempos, uma amiga uma vez explicou-me o amor como aquele engraçado jogo de corda que fazíamos em crianças.



Umas vezes, os sentimentos de um lado são mais fortes e esse lado puxa o outro e arrasta-o.
Outras, esse mesmo lado desinveste e deixa que o outro o arraste.
Noutras ainda, gera-se um equilíbrio de forças perfeito e harmonioso.
E se os dois lados deixam de puxar?
10 comentários - post comment

Remorsos [12 Aug 2004|02:06pm]
[ mood | uncomfortable ]

Arrependo-me frequentemente de existir, de inspirar e de expirar, do meu coração bater e do meu sangue percorrer todas as células esfomeadas do meu corpo. Arrependo-me frequentemente do que faço e do que digo, das lágrimas e das fraquezas e das poucas vezes que ouso ser forte. Arrependendo-me igualmente dos pensamentos egoístas que os meus neurónios trocam entre si como segredos entre meninas no recreio. Arrependo-me de verbalizar esses pensamentos em palavras cruéis que te magoam e ti, a ti e a ti. Arrependo-me de não atingir todo o meu potencial e de me desleixar perante a preguiça. Arrependo-me de não abraçar e beijar mais aqueles que amo, de não conseguir ser perfeita para ti, para ti e para ti. Arrependo-me de me perder no meu próprio mundo e de não te apoiar a ti, a ti e a ti. Arrependo-me das coisas que começo e das que não acabo, arrependo-me dos sorrisos que poupo. Na verdade, arrependo-me de quase tudo e, mesmo no que me orgulho existe um ou outro pormenor de insatisfação amarga. Arrependo-me de tudo, excepto de gostar de ti, de ti e ti. Perdoem-me por não ser perfeita e por nem sequer tentar sê-lo.

6 comentários - post comment

Depois do fogo... [03 Aug 2004|01:32pm]
[ mood | okay ]




Serra da Arrábida 31/07/2004
6 comentários - post comment

Serra da Arrábida...a minha serra e a de muitos outros [26 Jul 2004|11:42pm]
[ mood | preocupada ]



1) O Parque Natural da Arrábida nasceu em 28 de Julho de 1976. Estende-se por parte significativa da área designada cadeia da Arrábida, que compreende o conjunto de montes que acompanha o rebordo costeiro meridional da península de Setúbal; deste destaca-se a serra da Arrábida, a sua mais importante elevação e que constitui o núcleo orográfico da cadeia.

2)O principal objectivo da criação do Parque Natural da Arrábida foi a imperativa necessidade de conservar a sua Flora e Vegetação, que constitui um património natural de importância internacional único em todo o mundo.

3) Independentemente dos nobres motivos que levaram à sua criação, 20% do Parque Natural da Arrábida já ardeu SÓ este ano.

4) O Parque Natural da Arrábida é candidato ao estatuto de Património Mundial… ou direi ERA.

Vejo chamas da minha janela.
11 comentários - post comment

BARBIE ADULTERA!!! [16 Jul 2004|10:44pm]


in "Público"
5 comentários - post comment

Não fui a maior apoiante do evento, mas... [10 Jul 2004|02:54pm]
[ mood | contemplative ]

Durante o Euro, imperou a amnésia nacional relativamente à crise política. Agora que ambos terminaram não posso deixar de ter saudades daquele espírito de inconsciência colectiva de que tudo ia correr bem.

1 comentário - post comment

Não se perdeu nenhuma coisa em mim [06 Jul 2004|05:27pm]
[ mood | artistic ]




Não se perdeu nenhuma coisa em mim.
Continuam as noites e os poentes
Que escorreram na casa e no jardim,
Continuam as vozes diferentes
Que intactas no meu ser estão suspensas.
Trago o terror e trago a claridade,
E através de todas as presenças
Caminho para a única unidade

(Sophia de Mello Breyner)
22 comentários - post comment

Palavras 2 - Música 1 [02 Jul 2004|02:22pm]
[ mood | apathetic ]

É curioso como a música nos envolve os estados de espíritos, os contextualiza. Nunca me considerei uma pessoa musical, na verdade são mais os outros que me catalogam assim, porque recorro à música mais do que reconheço, para manipular ou agravar o meu estado de espírito. Tenho a minha música da depressão geral, que me lembra as lágrimas da minha adolescência que me acompanham desde então. Tenho também as músicas associadas às depressões específicas que apelam ao sentimento de abandono, de solidão. Tenho as músicas que me fazem levantar do fosso onde me enterro frequentemente, as que me fazem rir e sorrir, as que põem lamechas e a suspirar, as que me põem toda doida, toda em brasa! Tenho as músicas que me dão energia para continuar a estudar um assunto de pouco interesse, aquelas que me embalam o sono, as que me fazem lembrar momentos bem passados e ensaiar um sorriso nostálgico. Existe todo um conjunto de músicas que tocaram a minha vida e vão continuar a tocar, para estimular as lágrimas contidas num efeito catártico ou para me fazer ganhar a confiança e a força necessária para lidar com os falhanços da minha vida.

Constatei que o estilo de música não interessa muito, pois nesta lista constam vários estilos, apoio-me particularmente na letra e na adequação aos meus sentimentos. Talvez por isso não seja uma pessoa musical, por ser a letra que me preenche e que faz sentir pior ou melhor ou até não sentir. As palavras são então as minhas melhores amigas, sejam cantadas, lidas ou pensadas. São as palavras que estruturam os meus sentimentos, que trazem nelas a beleza de um poema ou a realidade factual da prosa, são as palavras que me permitem existir e continuar.

Se eu fosse um gato - um post superficial, desinteressante e inútil! [26 Jun 2004|10:00pm]
[ mood | desiludida ]

6 comentários - post comment

Parabéns atrasados a uma menina muito, muito, muito bonita! [24 Jun 2004|12:35pm]

Parabéns, Cátia!

Para quem não conhecia [07 May 2004|03:00pm]
[ mood | apática ]

Obras e projectos por realizar do excêntrico escultor checo David Cerny


(dentro da escultura o observador poderá visionar um filme)







Aconselha-se vivamente esta (aumentem a fotografia sff)
24 comentários - post comment

navigation
[ viewing | most recent entries ]
[ go | earlier ]